Juliana Simão e Adriana Veríssimo Apresentam a Room 8

News e Promos exclusivas de moda, décor e mais!

X

Stories

Matérias, novidades e muito mais

buscar

Juliana Simão e Adriana Veríssimo Apresentam a Room 8

- Lifestyle - Tudo

Rosa Zaborowsky, nossa colab e mente por trás do antenado blog Lolla, volta com mais um conteúdo especial do projeto #MulheresnaSPArte. Dessa vez, ela entrevista as donas da Galeria Room 8, Juliana Simão e Adriana Veríssimo. A partir deste ponto, deixamos as palavras com a Rosa… Enjoy!

A Juliana Simão é uma amiga querida e sócia da Adriana Veríssimo na Galeria Room 8uma galeria contemporânea com um approach mais democrático para a arte, mais pautado na qualidade e responsabilidade que um investimento em arte deve ter. No Brasil, elas representam o Gray Malin, um fotógrafo que adoro e preenche as paredes das minhas casas preferidas no Pinterest. À convite do iLovee, entrevistei as duas durante um editorial especial do projeto #MulheresnaSPArte, com looks maravilhosos do e-shop Shop2gether. Confira:

Room 8 galeria de arte da Adriana Veríssimo e Juliana simão

SHOP THE LOOKS

Rosa Z.: Contem um pouco do background de vocês. Vocês se formaram em quê?

Juliana Simão: Me formei em arquitetura e urbanismo na FAAP e artes plásticas na Panamericana. Trabalhei em escritório de arquitetura, mas acabei recebendo uma proposta para trabalhar na casa de leilões Christie’s em NYC e, desde então, não saí mais do mundo da arte.

Adriana Veríssimo: Sou formada em administração de empresas e comecei minha carreira no mercado financeiro. Morei em NYC durante um ano e meio, onde trabalhava em um banco de investimentos e estudava o mesmo tema a noite na NYU. Depois de alguns anos, resolvi ser feliz, fui fazer um curso de luxury branding em Paris – por lá, morei durante um ano! – e foi aí que meu interesse pela arte aflorou para o lado dos negócios também. Logo que voltei para o Brasil, me tornei sócia da Ju na Room 8.

RZ: A arte sempre fez parte do universo de vocês?

JS: Por influência do meu pai, sempre me interessei por arte; é algo que sempre fez parte da minha vida. Desde pequena o acompanhava nos museus e curtia muito aprender e ler a respeito do tema. Ainda na época da escola, fiz um curso de artes e me fascinava ouvir todas as histórias por trás dos quadros…

AV:  Aprendi a gostar de arte com a minha mãe, que sempre foi uma superentusiasta do assunto. Ela sempre levava todas as filhas desde pequenas a museus e exposições. Com o tempo, aprendi a apreciar e, hoje em dia, é meu programa preferido em qualquer lugar que eu vá, que seja cheio de cultura.

Juliana Simão na galeria Room 8.

SHOP THE LOOK

RZ: A arte está mais democrática e acessível, vocês sentem isso com o público da Room 8?

JS e AV: Sentimos sim e achamos isso superbacana. Quanto mais o mercado estiver educado para o assunto, maior será o interesse das pessoas por arte; isso consequentemente gera mais demanda e uma demanda mais consciente. Acreditamos que as galerias e os próprios artistas sintam isso. Também é atenção com as palavras “ democrática e acessível” no quesito arte, pois as pessoas tendem a confundir com falta de qualidade, o que não é o caso. Exemplo da Room 8 que primordialmente se estabeleceu como uma galeria mais acessível, mas que apresenta a mesma qualidade das mais renomadas galerias. Acreditamos que isso vem sendo esclarecido e, com esse conhecimento, as pessoas têm visto que é sim possível ter arte de primeira que caiba no bolso.

RZ: Como surgiu a ideia de montar uma galeria de arte?

JS: Quando trabalhava com arquitetura, tinha muita dificuldade em encontrar arte que fosse bacana, mas também coubesse no bolso do cliente. Durante o tempo que passei em NYC, a fotografia estava booming e observei um mercado crescente de galerias “mais acessíveis”, mas que ainda assim ofereciam arte de extrema qualidade. Quando voltei ao Brasil, decidi tentar replicar o que vi por lá, uma galeria de arte diferente, online e com apelo mais jovem e exclusivamente de fotografia.

RZ: A Room 8 tem uma presença virtual bem bacana. Contem mais pra gente sobre isso…

JS e AV: O modelo online/virtual é justamente para desmistificar a arte. Aproximar o público retirando o ambiente tradicional de uma galeria que, muitas vezes, gera um tabu de que a arte é para poucos. Nossa proposta é de que quanto mais o público estiver próximo da arte, maior será seu interesse por ela.

Adriana Veríssimo na galeria Room 8

SHOP THE LOOK

RZ: Quais as apostas de vocês para a SP Arte 2017?

JS e AV: Para esta edição da SP Arte, selecionamos dois artistas brasileiros: a Anna Guilhermina e o Fabiano Al Makul, e o norte-americano Joseph Romeo. Procuramos nas feiras mostrar as várias facetas da fotografia sempre apresentando novas técnicas e possibilidades, caso da Anna Guilhermina, que trás um trabalho lindo impresso na madeira. Esse ano, nossa curadoria procurou selecionar obras que instigassem o debate sobre a forma como o homem tem se relacionado com seu entorno, os aspectos positivos e os negativos, sua capacidade de adaptação e de impactar seu meio e, em especial, sua convivência com a natureza.

RZ: O Gray Malin, fotógrafo que vocês representam, virou mainstream nas casas de creative minds nos Estados Unidos. Eu adoro as fotos dele, o que vocês acham que contribuiu pra isso?

JS e AV: As fotos dele são alegres, lindas e tem um ar “cool” e jovem, que é bem apelativo ao senso estético e emocional da maioria das pessoas. Além de uma boa técnica, ele também trabalha muito bem seu nome e posicionamento no mercado.

RZ: Como é o papel de cada uma na Room 8?

JS: Pelo meu background em arquitetura e artes, acabo tendo um papel mais “criativo” dentro da Room8. Cuido da parte de curadoria e de tudo que tiver uma questão mais estética/artística, como a comunicação visual em geral, montagem das feiras etc. Como estou com duas filhas pequenas, ando temporariamente afastada do dia a dia da empresa.

AV: Eu sou responsável por toda parte financeira, contato com os arquitetos, dia a dia com os clientes e a renovação que estamos fazendo no site para virar de fato um e-commerce, algo que estamos muito empolgadas.

RZ: Que dicas vocês dariam para quem está começando a investir em arte?

JS e AV: A dica que sempre damos é: compre o que te toca. Claro que você vai pesquisar sobre o artista e a galeria que o representa, mas lembre-se que ao colocar uma obra de arte na sua casa ou onde quer que seja, essa vai fazer parte do seu dia a dia. Por isso, acreditamos que o lado emocional seja mais importante.

Galeria Room 8

RZ: Ju, você já é mãe. Não é fácil equilibrar um business com duas pequenas. Como é a sua rotina? Você consegue ter mais tempo tendo o próprio negócio ou isso é utopia?

JS e AV: Olha, acho que qualquer mãe que trabalha vai entender quando digo que não equilibro (rs), faço um malabarismo diário. Tive que estabelecer a minha prioridade no momento. Ter o próprio negócio ajuda muito na questão da flexibilidade. Desde que minha segunda filha nasceu, passei a não estar mais tanto no dia a dia da empresa e a trabalhar de casa, o que ajuda bastante sim, mas também tem seus contratempos!

RZ: Vocês tem algum ritual pré – SP Arte? 

JS: É tão corrido! Procuro, apesar da agitação, ter uma boa noite de sono e durante a feira me alimentar bem para aguentar o pique!

AV: Vitamina, meditação e dormir bem.

Agora um pouquinho de chat-chat…

RZ: Programa favorito para um final de semana em São Paulo? 

JS: Amo ir ao Parque do Povo com as crianças, tomar um bom brunch no Santo Grão e emendar um passeio na Livraria da Vila. Também gosto de frequentar a Sala São Paulo para um concerto e jantar fora.

AV: Acredite ou não, mas curto fazer ginástica e, claro, ir a exposições e assistir um filme gostoso em casa.

RZ: Drinks preferidos? 

JS: Vinho, vinho, vinho! Ah, e gosto de Aperol também.

AV: Vinho branco ou champagne.

RZ: Melhor viagem?

JS: Tenho duas, na verdade. Atacama e Turquia, em especial a Capadócia.

AV: Tenho duas viagens frescas na memória que foram inesquecíveis e superindico: Havaí (Big Island) e Rússia.

juliana-simao-galeria-room8

SHOP ROOM 8

 

VER TODOS OS POSTS
A seção stories do iLove funciona como um blog, com produção de conteúdo, posts quase diários e muita inspiração. Com matérias especiais, conteúdo próprio e muita curadoria, você pode conferir aquilo que produzimos especialmente para a leitora. Pode ser os melhores achados da sale da temporada, uma entrevista com uma stylist de uma marca legal, como a da Farm, uma matéria mais shooting com a DJ mais badalada do momento, como a Marina Diniz, um ensaio feito para o Dia do Amigo, com produtos da Schutz e muito mais. Você, além de ler a matéria e se inspirar com as fotos, pode sempre comprar os produtos indicados ou usados pelas personagens dos shootings, dos nossos parceiros. Com pautas especiais pensadas dedo a dedo para cada matéria, o iLove sempre busca trazer o melhor do conteúdo de moda, decoração, beleza, viagem, lifestyle e muito mais para você!