Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

News e Promos exclusivas de moda, décor e mais!

X
x

Stories

Matérias, novidades e muito mais

buscar

Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

- Decoração - Lifestyle - Tudo

O mundo é das mulheres, e nós e a Intimissimi – que assina as peças do styling dessa matéria-editorial – já sabemos disso há tempos. Se você ainda tem dúvidas dessa máxima, reunimos quatro mulheres entrepeneurs para contar suas histórias em um shooting bacanérrimo com o cenário inspirador da Storehouse Home Decor, e-shop de decoração que em breve deve entrar na nossa curadoria.

Para vesti-las, a brand italiana – que está na nossa vitrine virtual! – emprestou toda a bossa, o conforto e o bom gosto da sua linha ready-to-wear em looks que traduzem super bem o espírito moderno das special guestsMariana Ribeiro, founder do iLovee; Roberta Julião, chef do café Da Feira ao Baile; Nanna Martinez, estilista da Whitehall Atelier; e Alê Garattoni, carioca expert em branding.

Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

O papo com elas foi pontuado por boas dicas de empreendedorismo, lembranças de momentos de coragem para se arriscar em algo diferente e muito mais. Confira a seguir o chat-chat na íntegra com cada uma.

NANNA MARTINEZ

Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

SHOP THE LOOK

iLovee: Nanna, você começou sua carreira como estilista no beachwear, né? O que te fez trocar a areia pelo altar – e focar em wedding?

N: Foi o casamento da minha irmã – que também é minha sócia – há seis anos. Ela estava buscando por um vestido que não fosse tão tradicional como os que temos aqui no Brasil, e fomos procurar em NY. Chegando lá, ela amou a pegada moderna da Vera Wang, algo que não tinha aqui no Brasil e a gente sabia que precisava trazer esse estilo pra cá. Aí influenciadas pelo nosso pai, que é um grande empresário, resolvemos abrir a Whitehall Ateliê.

iLovee: E como foi essa experiência de empreender?

N: Não foi, está sendo ótimo! Começamos importando marcas como Oscar de La Renta, Monique Lhuillier e a própria Vera Wang. A partir daí, fui sentindo um gap de alguns modelos específicos que as minhas clientes procuravam e isso me fez querer atender essas necessidades. Muitas mulheres apareciam na loja em busca das marcas importadas, mas acabavam gostando mais – ainda bem! – dos meus modelos! Hoje estamos parando cada vez mais de importar e trabalhando mais e mais com nossos próprios modelos.

iLovee: E como duas mulheres cheias da atitude comandam a brand hoje?

N: Eu fico com a parte de desenvolvimento de produto e estilo e ela cuida da administração e marketing. Lógico que estamos super conectadas, mas cada uma usa seu know-how na área que domina mais. Fora isso, temos uma equipe com costureiras, bordadeiras e modelistas, então faz parte do nosso dia a dia estar coordenando a produção interna e inspirando-as todos os dias.

 

ALÊ GARATONI

Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

SHOP THE LOOK

iLovee: Administradora, jornalista ou consultora… Como te definir, Alê?

A: Pode ser tudo isso e mais um pouco? Rs. Sou administradora por graduação, jornalista por diversão e agora consultora, como profissão. Eu sempre gostei de trabalhar com comunicação mas, em 2012, engravidei e tive que dar uma pausa nos jobs porque achei necessário me dedicar só a esse momento da minha vida. Quando voltei à ativa foi que surgiu a história do branding, um assunto que sempre abordava no meu blog e descobri que era uma grande paixão minha.

iLovee: E o que te motivou a focar mais nessa área?

A: Sempre achei que as pessoas tratavam esse assunto com uma linguagem muito específica e restrita a grandes empresas, o que afastava as pessoas leigas e o profissional liberal então quis democratizar esse conhecimento mostrando que o branding está em tudo. Comecei a criar conteúdo de qualidade e desenvolvi workshops com grupos pequenos – e agora tenho planos de começar no online! – sobre o tema e logo na primeira edição, as vendas se esgotaram em 40 minutos! Vi que era hora de apostar mais ainda nisso, aí surgiu o @amobranding e já estamos com o projeto há 3 anos.

iLovee: Então o negócio está realmente crescendo. Que bacana, Alê! Você poderia dar uma dica para quem está começando a empreender agora?

A: Acho que a dica mais valiosa é ter paciência porque hoje existe uma ansiedade muita grande, a pessoa já cria o negócio esperando por resultados rápidos e isso atrapalha muito. Eu estou há 20 anos estudando, trabalhando e acredito que só agora estou atingindo meu sucesso então tem que ter calma. As coisas acontecem no tempo certo.

 

ROBERTA JULIÃO

Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

SHOP THE LOOK

iLovee: Rô, você cursou administração e hoje trabalha com gastronomia. Como aconteceu essa mudança?

R: Sempre gostei de comer, procurar receitas diferentes e acabei criando tanto gosto por cozinhar que resolvi compartilhar minhas experiências em um blog. Isso a nove anos atrás, o que foi um choque para minha família porque eu fiz GV, era um orgulho para o meu pai. Até hoje quando perguntam da minha história, ele sempre fala primeiro da faculdade e brinca que eu larguei a GV para “cortar cebola”, rs.

iLovee: E em que momento você percebeu que era hora de transformar o blog em negócio próprio – e offline?

R: Acho que foi em 2015, quando ninguém mais aguentava a geladeira cheia de coisas, a dispensa de casa abarrotada de leite condensado e chocolate! Rs. Não dava mais pra continuar cozinhando in house daquele jeito então abri o Da Feira ao Baile, há um ano e meio. O café é hoje o maior motivo de orgulho da minha vida!

iLovee: Qual foi o maior desafio nessa jornada empreendedora?

R: Acredito que lidar com os funcionários. Hoje eu comando uma equipe de 14 pessoas e posso dizer que é muito difícil conseguir ensinar tudo o que você faz e exigir das pessoas o mesmo cuidado que você tem com o seu produto. Gerenciar nesse meio não é só saber cozinhar, é saber ter jogo de cintura para coordenar tudo da melhor forma. Acho que tenho feito um ótimo trabalho, pois meu time já anda com suas próprias pernas e eu já estou mais livre – tanto que agora estou abrindo uma nova cozinha e aumentamos nosso leque de produtos, adicionamos salgados ao menu e, a partir do mês que vem, vamos trabalhar com delivery.

MARIANA RIBEIRO

Um Papo sobre Empreendedorismo com 4 Mulheres Power

SHOP THE LOOK

iLovee:  Mari, o iLovee – modéstia à parte – é uma plataforma diferenciada na rede. Além de agregar produtos dos melhores e-commerces, também possui uma atmosfera supercool e tem um conteúdo comprável. De onde surgiu essa ideia?

M: A ideia veio na época que eu trabalhava em uma consultoria de imagem e atendimento, e lá atendia a conta do We Closet. Foi aí que me apaixonei pelo universo de compras online. Após um tempo, resolvemos criar uma revista digital para o e-commerce, com conteúdo 100% comprável e foi um sucesso! Percebi esse gap e resolvi criar algo que fosse facilitar a vida das mulheres, então o objetivo desde o início era reunir uma curadoria superespecial com os produtos dos e-commerces e linkar tudo isso com conteúdo bacana, que despertasse o desejo de compra.

iLovee: Não é à toa que o projeto deu certo, o iLovee já está há quatro anos no mercado e crescendo cada vez mais. Quanto às mudanças que rolaram durante esse tempo, como elas aconteceram e de que forma agregaram para sua evolução pessoal e do negócio?

M: Passamos por muitas mudanças e eu tive que aprender a lidar com todas elas para ter como resultado o empreendimento que tenho hoje. Acho que a mais relevante é em relação a equipe, que aumentou relativamente e eu entendi que é essencial não ter pressa. Aprendi que para contratar alguém para fazer parte do próprio negócio é muito mais que uma simples contratação, é necessário pesquisar e conversar bastante para encontrar a pessoa certa, que compartilhe dos mesmos ideais que você e que vá agregar para a equipe como um todo. Na ansiedade da pressa, você pode acabar contratando a pessoa errada, que com certeza fará a empresa dar passos para trás.

iLovee: E como é ser mulher e estar à frente de uma equipe relativamente grande – também com homens em sua composição?

M: Eu acho que a partir do momento que você formata o team certo e a base dele é o respeito, não tem como fazer essa diferenciação. Assim como eu respeito meus funcionários, sinto que é recíproco da parte deles, o que torna muito fácil coordenar tudo.

iLovee: Mari, você sabe que é uma referência pra gente, né? Como consegue ser essa fonte de inspiração para o time todos os dias?

M: O segredo para inspirar é mostrar o propósito das coisas. O iLovee hoje quer ser uma grande ref em inovação de comunicação de moda e lifestyle, nos preocupamos não só com o trabalho que está sendo entregue para o cliente mas também com a qualidade de vida do funcionário, a motivação que é embalada pelas conquistas, o ambiente, as confraternizações tudo isso faz com que as pessoas possam se sentir para de um todo.

VER TODOS OS POSTS
A seção stories do iLove funciona como um blog, com produção de conteúdo, posts quase diários e muita inspiração. Com matérias especiais, conteúdo próprio e muita curadoria, você pode conferir aquilo que produzimos especialmente para a leitora. Pode ser os melhores achados da sale da temporada, uma entrevista com uma stylist de uma marca legal, como a da Farm, uma matéria mais shooting com a DJ mais badalada do momento, como a Marina Diniz, um ensaio feito para o Dia do Amigo, com produtos da Schutz e muito mais. Você, além de ler a matéria e se inspirar com as fotos, pode sempre comprar os produtos indicados ou usados pelas personagens dos shootings, dos nossos parceiros. Com pautas especiais pensadas dedo a dedo para cada matéria, o iLove sempre busca trazer o melhor do conteúdo de moda, decoração, beleza, viagem, lifestyle e muito mais para você!